Biketech Floripa

domingo, 10 de abril de 2016

Fonte e maiores informações: Circuito das Araucárias - Cicloturismo

Morro da Igreja
REPLETO DE ATRATIVOS

Este roteiro é repleto de atrativos naturais, históricos e também gastronômicos e culturais. A paisagem é bem variada, alternando entre altos de serras a planaltos ou vales de rios. A Mata Atlântica é bem preservada, mesclada com florestas de imponentes e belas araucárias. A natureza se mostra presente também na grande concentração de nascentes e cachoeiras, como as da Rota das Cachoeiras, uma incrível sequência de 14 quedas em menos de 3 km.

Há ainda outros grandes atrativos naturais, entre eles o Morro da Igreja, que se destaca à grande distância e possui um paredão de pedra onde os escaladores praticam o rapel (um dos maiores do Brasil, com 245 m), e os Campos do Quiriri, uma área de preservação que pode ser conhecida a partir do Circuito e de onde, em dias claros, avista-se todo o litoral norte de Santa Catarina.


Morro do Quiriri
A Estrada Dona Francisca é um dos destaques da parte histórica. O circuito passa por vários trechos do traçado original da estrada, construída por volta de 1865. Outro ponto de interesse histórico é a ferrovia construída em 1913, que se encontra ainda em funcionamento, e era parte da Estrada de Ferro que ligava São Paulo ao Rio Grande do Sul. Os trilhos serpenteiam as serras e cruzam o circuito diversas vezes.

No aspecto cultural, está muito presente a influência alemã, polonesa e italiana, notável principalmente nos costumes e tradições, como as festas locais(onde não falta chope e danças folclóricas), a comida(com deliciosos cafés coloniais), os tipos de construções e os traços físicos de sua gente, Também marcaram presença na região os imigrantes espanhóis, tchecos, austríacos e portugueses, entre outros.



Ao longo do Circuito encontram-se pequenos museus com peças e artefatos, principalmente rurais, trazidos ou fabricados pelos primeiros colonizadores. As quatro cidades, São Bento do Sul, Corupá, Campo Alegre e Rio Negrinho, possuem vários prédios históricos bem conservados, muitos deles funcionando como órgãos públicos.

ETAPAS DO CIRCUITO

O Circuito está dividido em trechos, que são uma referência dos locais onde há possibilidade de pernoite. Assim, os trechos não correspondem a cada dia de pedalada, há trechos com 13 km e outros com 60 km. Portanto não há neste circuito etapas fixas, ou um número fixo de dias para percorrê-lo. Há várias opções de hospedagem, permitindo que cada cicloturista determine em quantos dias vai fazer o percurso e em que ritmo vai fazer sua viagem.

Preciso Pedalar (histórias de bicicleta): blog que contém um excelente relato, em cinco dias, de uma ótima aventura Cicloturística pelo Circuito das Araucárias. Aprecie sem moderação:
. Dia 1: De São Bento do Sul à Corupá
. Dia 2: De Corupá à Campo Alegre
. Dia 3: De Campo Alegre ao Sítio Ponte de Pedra
. Dia 4: Do Sítio Ponte de Pedra à Rio Negrinho
. Dia 5: De Rio Negrinho à São Bento do Sul


Categories:

0 comentários:

Postar um comentário