Biketech Floripa

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

De vilão ele não tem nada. Consumido por atletas de endurance no pós-treino ele também contribui para diminuir o cortisol

Fonte: Pra Quem Pedala

Muitas pessoas não acreditam nos benefícios do abacate para uma alimentação saudável. Que por ser muito calórico e gorduroso favorece o ganho de peso e, portanto, não deve ser consumido diariamente. Mas essa ideia é por demais equivocada. Vários estudos vêm demonstrando que de vilão ele não tem nada. Muito pelo contrário!

Além de ser rico em ômega-9, gordura boa que combate o colesterol e protege o coração, novos estudos estão associando o consumo de abacate à redução de peso. O nutriente responsável pelo benefício é o ácido oleico, encontrado na polpa numa proporção excepcional. Por conta da quantidade de gordura boa, ele aumenta a sensação de saciedade, fazendo você ficar satisfeito com menos comida. A fruta também tem digestão lenta, por possuir baixa carga glicêmica, além da propriedade de reduzir a inflamação nas células adiposas, que favorece o acúmulo de tecido adiposo. O nutriente potente que ajuda a diminuir essa inflamação é o beta sitosterol. Quanto maior a quantidade desse anti-inflamatório natural, melhor.

Mas o abacate não oferece benefícios somente para aqueles que buscam a redução de peso. Pesquisas mostram que consumido por atletas de endurance no pós-treino ele também contribui para diminuir o cortisol, hormônio do estresse que acelera o catabolismo muscular — quando o organismo “queima” massa magra como fonte de energia.

Outro efeito interessante é consumir a fruta antes de dormir. Pesquisadores descobriram que ela pode intensificar a ação do GH (hormônio do crescimento), cujo pico de produção é à noite, durante o sono. Para quem deseja aumentar a massa muscular, a dica é ingerir duas colheres de sopa de abacate puro antes de ir para a cama — não vale nem pôr adoçante!

Mas seu consumo também é indicado em outros períodos do dia. Ele pode ser incluído no café da manhã, no lanche da tarde e até mesmo no jantar. Apesar de não ser costume em nosso país, vale a pena incluir no cardápio o abacate salgado. Ele combina muito bem com peixes e saladas!

Lembrando que o ideal é sempre procurar um nutricionista para que ele possa manipular a sua dieta de modo que ela lhe traga cada vez mais benefícios para a saúde e a performance nos treinos.

(Reportagem publicada na revista VO2, edição #110 de Julho/Agosto de 2015)
Por Denise Entrudo
Categories: ,

0 comentários:

Postar um comentário