Biketech Floripa

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Fonte: Pra Quem Pedala

Autor: Henrique Andrade

Ciclismo é o melhor esporte do mundo! Por isso, resolvi fazer uma brincadeira aqui (não original) de elencar algumas possíveis razões para você não se tornar um ciclista.
1 – Você vai ficar mais saudável do que deveria

Se você virar um ciclista, provavelmente você vai acabar desenvolvendo uma saúde de ferro. Com isso, dificilmente você ficará doente e não terá como curtir uns três ou quatro dias de febre no sofá, tomando sopinha e novalgina.
2 – Você vai gerar inveja nos seus amigos
Ao ver você postando fotos de lugares maravilhosos, com uma vista maravilhosa, percorrendo locais onde eles nunca vão chegar nem perto, seus amigos vão ficar chateados e frustrados com a própria vida e vão descontar em vocês.
3 – Sua perspectiva de vida vai mudar para melhor (e isso pode ser perigoso)
Ao pedalar, você começa a enxergar a vida de uma forma diferente. Começa a ver que se consegue ter uma quantidade gigantesca de prazer, fazendo algo muito simples como girar um pedal.

Isso pode ser perigoso! Você vai começar a dar valor às coisas que realmente importam e você deixará de ser uma pessoa comum, o que pode te levar a realizar uma mudança geral na sua vida. Coisa que nem sempre é aceita pela sociedade. Como administrar um site de ciclismo por exemplo.
4 – Sua vida “social” vai acabar
Quando se aprende os prazeres de uma pedalada. Coisas que você considerava “legal”, como ficar em uma fila de uma balada, para depois ficar fazendo pose lá dentro, ficar uma noite inteira enchendo a cara e ficar o dia seguinte morgando, perdem todo e qualquer sentido.

Ou seja, seus amigos vão te achar um chato e vão falar que você está errado! O certo não é curtir a vida e a natureza, é ficar na balada tirando foto para o Instagram.
5 – Sua mulher (ou marido) vai brigar sempre com você
Uma coisa constante na vida de um ciclista, é a resistência das companheiras, de você ficar tanto tempo andando por lugares muito legais, enquanto a outra pessoa fica curtindo uma preguiça no sofá. Principalmente quando a pessoa quer ir naquela festa chata e você quer acordar dia seguinte às 6 da manhã para fazer um longão.
Se a sua companheira não for ciclista ou esportista, isso vai acontecer. Não tem jeito.

6 – Você vai causar frustração nos pobres motoristas

Ao ver você passar com a sua bike, curtindo um vento na cara, os motoristas (e colunistas da Veja) são acometidos por um incrível ódio. Isso fará com que eles tirem finas de você, te xinguem, postem coisas contra você nas redes sociais… Enfim, se você não quer gerar raiva em ninguém, não vire ciclista.
7 – Você só vai falar de bicicleta

Esse é um problema grave. Como o esporte é absurdamente apaixonante. Sempre que tiver a oportunidade, você vai ficar horas e horas…e horas…. e hoooooooras, falando da magrela.
8 – Você provavelmente não vai saber nada do Campeonato Brasileiro de Futebol
Quando seus amigos te perguntarem sobre o que você achou do jogo do Madureira com o Flamengo, você não vai fazer nem ideia do que rolou… Mas sabe que o Contador está liderando o Tour de France por 15 segundos e amanhã é etapa de montanha.
Isso não se aplica a todo mundo.
9 – Você vai ser criticado pelo outros
“Pedalar tanto assim faz mal”. “Você pedalou 100km??? Você vai morrer”. “Você está ficando viciado”. Se você não quer ouvir esse tipo de comentário… Não vire ciclista.
10 – Você vai gastar todas as suas economias com bicicleta
Se você se apaixonar mesmo pelo esporte (o que tem uma chance muito grande), você vai vender até a geladeira da sua mãe para comprar aquele par de rodas tubulares que pesam 100 gramas a menos do que a outra que custa a metade.

Isso é um problema de verdade!
Conclusão: É um esporte maravilhoso e todos deveriam se dar a chance de conhecer. Vale muito a pena!

Categories:

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Concordo Thais! Muitas coisas ali tem a ver com meu modo de viver atual e de fato acontecem comigo! :)

      Excluir