Cicles Hoffmann

Blog Archive

Breaking

Recent In Internet

Recent Post

LightBlog
Adbox

domingo, 30 de julho de 2017

Voluntários auxiliam pessoas com problemas de visão em passeios ciclísticos pelo estado
Projeto Novos Horizontes, de Florianópolis, proporciona a atividade em bikes para duas pessoas.

Fonte: G1 SC - Globo.com por Anaísa Catucci

Grupo pedalando em Florianópolis
(Foto: Projeto Novos Horizontes/Divulgação)
Um projeto desenvolvido em Florianópolis coloca cegos para pedalar ao proporcionar passeios ciclísticos intermediados por voluntários. "Logo nas primeiras pedaladas em uma bicicleta tandem (para duas pessoas), a adrenalina sobe, o coração bate mais forte, o sentimento de liberdade toma conta". Retomar a experiência, depois de anos, foi uma inesquecível como descreve Valdemar Matos, que tem baixa visão, e é um dos participantes do projeto Novos Horizontes.

A iniciativa de inclusão social começou em 2011, com o objetivo de dar oportunidade para que pessoas com deficiência visual possam andar de bicicleta com segurança. A reportagem integra a série SC+, e mostra uma Santa Catarina mais atuante.

Matos faz parte dos encontros que ocorrem semanalmente há três anos. Um dos pontos que mais gosta é a oportunidade para conhecer novos lugares e amigos. “Fiquei sabendo ao ouvir dos meus amigos os relatos da experiência, e resolvi fazer parte. Fiz novos amigos, e muitos passeios de bike como na Serra do Rio do Rastro e vários pedacinhos da ilha”, explica.

O trabalho dos voluntários se revela em uma grande parceira entre as atividades, já que além de conduzir as bikes, eles descrevem as paisagens, as edificações e tudo que encontrar pela frente. “São muitas lições e temos que trabalhar em conjunto para podermos aproveitar a prática do esporte. Uma parceira que levo para a minha vida pessoal”, afirma.


Projeto Novos Horizontes auxilia pessoas com problemas de visão
(Foto: Acervo Projeto Novo Horizontes/Divulgação)

Segundo o corretor de seguros Ricardo Carvalho, de 48 anos, que é o fundador e coordenador do projeto, o grupo surgiu a partir de uma inquietação pessoal. “Na época eu estava em busca de me envolver em algum trabalho voluntário. Durante um evento de ciclismo conheci uma pessoa que treinava para participar de um circuito como guia de um deficiente visual. Isso me deu o norte para acrescentar algo na minha vida e na dos outros”, diz.

Carvalho, que também tem problemas de visão e enxerga apenas com um dos olhos, se identificou pela causa, e, apresentou o projeto na Associação Catarinense para a Integração do Cego (Acic). As primeiras atividades foram realizadas com apenas uma bike adaptada e três cegos. Atualmente, são dez bikes, e participam 12 pessoas cegas ou com baixa visão, sendo que algumas tem o próprio veículo.

A ideia era levar qualidade de vida através do prazer em pedalar àqueles que não podem fazer isso sozinho. Hoje, percebemos que a integração mútua traz vantagens a todos. Seja pelo prazer em pedalar, pelo condicionamento físico ou pela maneira linda como estas pessoas especiais enxergam a vida”, explica.


Bicicletas de dois lugares são usadas para os passeios
(Foto: Acervo Projeto Novos Horizontes/Divulgação)


Os participantes já se envolveram em competições e até mesmo alguns já se aventuraram em percorrer de bicicleta o Caminho de Santiago de Compostela, na Espanha, e também em Buenos Aires, na Argentina. Além disso, o projeto serviu de inspiração para outras iniciativas como a desenvolvida em Joinville, no Norte catarinense.

Serviço
. Projeto Novos Horizontes
. Sede: Florianópolis
. Início das atividades: fevereiro de 2011
. Contato: projetonovoshorizontes@gmail.com
. Mais informações no site
. Ponto de encontro: Sábados, às 9:00, em frente ao Terminal de Integração da Trindade (Titri), em Florianópolis

CICLES HOFFMANN ALL SPORTING
Categories:

0 comentários:

Postar um comentário