Cicles Hoffmann

Tabela de Eventos

Evento

Titulo

Pedalando pela Alemanha - 9 ótimas dicas

O que você precisa saber para pedalar na Alemanha

Fonte: DW Made for minds

A Alemanha é um verdadeiro paraíso para ciclistas – e tem lá suas curiosidades. 

Veja 9 ótimas dicas do que você precisa saber antes de sair pedalando pelo país.

Habilitação de ciclista desde o primário

As crianças alemãs começam a andar de bicicleta muito cedo. Quando entram no ensino fundamental elas já têm tanta experiência que estão prontas para prestar um exame de habilitação para ciclistas. Para isso, policiais dão instruções sobre as principais regras de trânsito. Mas se você chegou mais tarde, tudo bem, ainda dá tempo de aprender.


Encontre um bom lugar


Münster, no noroeste do país, recebeu o título de melhor cidade da Alemanha para pedalar, conforme uma pesquisa realizada com mais de 100 mil ciclistas. Karlsruhe e Freiburg ficaram em segundo e terceiro, respectivamente. Já Berlim ficou em 30º lugar. Motivo: muitos carros estacionados em ciclovias, obras e acúmulo de neve no inverno.


Planeje a rota

A Alemanha é conectada por uma extensa rota de ciclovias, que levam os ciclistas a cruzar florestas (como na Baviera), áreas urbanas (como a rodovia para ciclistas no Vale do Ruhr) e belas zonas rurais, como no Vale do Ahr (foto), região conhecida pelos vinhedos em colinas e, claro, pelo vinho. Quando quiser fazer uma parada, aproveite para apreciar a especialidade local em meio às videiras.


Seja legal com os pedestres

Com tantas pistas exclusivas para pedalar, os ciclistas costumam levar as ciclovias muito a sério. Caso você não esteja sobre uma bicicleta, é melhor sair do caminho o mais rápido possível. Senão corre o risco de ficar surdo com as estridentes campainhas – ou de ser atropelado. Se você é ciclista, seja legal com quem não conhece essas regras.


Domingo na Alemanha

Aos primeiros raios de sol de domingo já começam a se formar os congestionamentos nas ciclovias. Se prestar bem atenção, você perceberá um fenômeno tipicamente alemão: muitos casais, principalmente idosos, gostam de sair combinando – desde a camiseta até a marca e cor da bicicleta. Com certeza uma visão para manter acesa a chama do amor...


Vista-se apropriadamente

Na primavera europeia já não é mais possível esconder os corpos moldados por doces e chocolates do Natal e da Páscoa sob largos blusões de lã. Ainda bem que existem roupas funcionais, elásticas e respiráveis. E mesmo que a lycra não seja lá muito compatível com a gordura acumulada no inverno, muitos alemães fazem questão de se vestir como profissionais.


Regra número 1

A mais importante regra envolvendo bicicletas na Alemanha é: não pedale bêbado. A bicicleta até pode parecer uma boa alternativa ao carro depois da farra, mas um ciclista embriagado é tão perigoso no trânsito quanto um motorista bêbado. Se for pego pedalando alcoolizado na Alemanha, você pode até perder sua habilitação – do carro. Na próxima, chame um táxi.



Uma pequena ajuda nunca é demais

Na Alemanha, andar de bicicleta não significa não ter condições de comprar um carro. A bike é encarada como um veículo normal, não como um equipamento de lazer ou de esporte. Por isso, é perfeitamente aceitável contar com a ajuda de um pequeno motor. As famosas bicicletas elétricas são bastante comuns – principalmente entre ciclistas mais velhos. E algumas custam mais que um carro.

Carregue sua bicicleta

Na Alemanha, é permitido levar a bicicleta em bondes e trens, com um bilhete especial. Mas, atenção: se você quiser entrar com sua bicicleta engraxada num trem lotado em dia de sol, prepare-se para os olhares de reprovação. Afinal, seria mais fácil simplesmente peladar até o destino. Nesses casos, as bicicletas dobráveis são ideais. Elas tomam menos espaço e não perturbam os outros passageiros.

Nenhum comentário

Recent Post

Janio Rossa Cycling
Tecnologia do Blogger.