Biketech Floripa

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Muito legal! Que levante a bike aquele que já não pensou qualquer uma destas 11 coisas! :)

Fonte: Pra Quem Pedala

Sempre que nos deparamos com uma subida muito dura, vários pensamentos vem à nossa cabeça… Aqui está uma seleção deles.



1 – Será que estou de coroão?
Toda vez que a subida fica inclinada demais, sempre damos aquela verificada para ver se realmente já passamos a coroinha… Pena que ela sempre já está passada e as marchas no cassete também já estão acabando… O que leva ao próximo pensamento.
2 – Merda… Já acabaram as marchas
Aquele desespero quando você ainda está no meio da subida, as pernas já estão queimando e você percebe que já está na marcha mais leve possível e mesmo assim você continua apertando o shifter para ver se algum milagre acontece e nasce mais um pinhão no cassete
3 – Será que estou com Overtrainning?
A criação de desculpas é sempre algo automático na cabeça de um ciclista sofredor. E quando começa a doer demais, sempre vem aquele pensamento… “Será que treinei demais e estou em overtrainning?”
4 – Vou olhar para cima
Com o intuito de focar no objetivo, muitas vezes pensamos em olhar para o final da subida e tirar aquela motivação que não existe de algum lugar
5 – Vou olhar para baixo
Quando você não quer nem ver quanto tempo vai demorar para acabar a subida e decide olhar fixamente para o roda dianteira da sua bike, ou para a roda traseira de alguém que está na sua frente até que o sofrimento acabe.
6 – Desacelera ai, ô Filho da Pu…
Sempre tem aquele seu amigo que está melhor do que você e subindo em um ritmo que você não dá conta e te dá aquela vontade de tirar a coroa da bike e cortar a garganta dele.
7 – Ele deve estar se dopando
Também referente ao seu amigo que sobe em um ritmo que você não dá conta e com a melhor cara do mundo… Teorias de conspirarão começar a aparecer na sua cabeça.
8 – Será que o freio está pegando?
Esse também é um pensamento recorrente quando o sofrimento é muito! “Eu tenho certeza que o freio tá pegando… Não é possível!”
9 – Essa porra não acaba, não?
Quando a subida já fez 10 curvas e você achou que ela terminaria depois de cada uma dessas curvas… Mas a desgraça da subida não termina.
10 – Vai idiota… Quem mandou não treinar?!
Essa é a parte quando você assume que realmente não treinou e que deveria ter treinado… Um momento importante de aceitação da pau-de-ratice!
11 – O que estou fazendo aqui?
Essa é a clássica! Quando você percebe que deveria ter escutado a sua mulher, ou marido, ou mãe, ou cachorro… Que pediram para que você não fosse pedalar e que ficasse dormindo em casa, ou assistindo Fórmula 1 na TV… É o momento de desespero que se alguém te oferecer 10 reais, você entrega a bike com Garmin e tudo.

Faltou algum? Se puder, relate algum que tenha faltado na área de comentários :)

Categories:

2 comentários: