Biketech Floripa

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Fonte: Va de Bike

O simples ato de ir até um ponto da cidade tem se tornado cada dia pior e mais estressante pra muita gente que perde horas e horas no trânsito improdutivo e doentio. Essa realidade não pode se tornar uma rotina para as pessoas, por isso é preciso buscar soluções e procurar mudanças de hábito em busca de qualidade de vida.
A inspiração de hoje veio de Belo Horizonte/MG, onde uma galera produziu o vídeo brasileiro premiado em um concurso mundial da Siemens sobre sustentabilidade, em 2012.
Segundo um dos narradores, a ideia surgiu depois de ler na internet a frase – já conhecida entre os ciclistas – que diz você não está no trânsito, você É o trânsitoA partir daí ele começou a refletir sobre o problema do entupimento das nossas ruas e esvaziamento do espaço público, causado essencialmente pelo excesso de carros. “Todo mundo quer chegar em algum lugar e a soma delas causa o trânsito. Ações simples melhoram a vida(…) Agora vou todos os dias a pé para o trabalho, chego com a cabeça mais leve”, diz.
Nesse sentido, sim, pedestres e ciclistas não contribuem com o caos que infelizmente somos obrigados a conviver. Mas, por outro lado, nós também somos parte (importante) do trânsito. A diferença é que enquanto transitamos, o excesso de carros congestiona, atrapalha, mata e polui o resto da cidade.
“Eu transito, você congestiona”
- frase da ciclista Márcia Prado
Dia 22 de setembro celebramos o Dia Mundial Sem Carro, mais uma oportunidade para repensar o modelo de cidade que temos e o que queremos; o uso irracional do automóvel e os impactos nas nossas vidas; como os investimentos em um modelo insustentável de mobilidade têm afetado todos os cidadãos e, principalmente, quais as alternativas ao caos.
Por isso, todos os anos, diversos coletivos, instituições, empresas e ONG’s do Brasil inteiro se articulam para pensar a programação da Semana de Mobilidade – a semana do dia 22 de setembro. São realizadas ações como Desafio Intermodal, vagas vivas, debates, exposições, mostras de cinema, bicicletadas e muito mais. Participe e incentive atividades na sua cidade e no seu bairro!
Ande mais a pé, de bicicleta, transporte público e dê carona.
Seja parte da solução você também.


Categories:

4 comentários:

  1. Massa!
    Que venham muitos outros movimentos como este para que as pessoas acordem para a situação e saiam da zona de conforto (me incluo nesta!).
    Grande abraço e continue com os posts!

    ResponderExcluir
  2. Bem, depois que passei a ir ao trabalho de bike, de uma coisa tenho certeza...
    sou mais um, a menos no caótico trânsito a congestionar, porem ainda faço parte deste sistema. Me sinto feliz por fazer parte de algo sem transtornar aos outros e nem a mim mesmo. Perfeito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí Aldo! Parabéns para vc e para todos aqueles (infelizmente ainda poucos) que fazem o mesmo!

      Excluir