Cicles Hoffmann

Tabela de Eventos

Evento

Titulo

Ciclistas Catarinenses são campeões na Escadaria de Santos 2019!

Por apenas três milésimos de segundo, o brasileiro Júnior Félix (natural de Palhoça-SC) foi o campeão da descida das escadas de Santos, disputada neste domingo (17), no Morro do Pacheco.

Os brasileiros não deram chances aos pilotos estrangeiros e garantiram as oito vagas para a semifinal, também disputada neste domingo (17). Na grande decisão com apenas quatro atletas, ficaram fora o bicampeão Wallace Miranda (2008 e 2009) e o campeão de 2018 Gabriel Giovannini. Mas o dia aguardava outra surpresa. O vencedor parecia ser Lucas Borba (Ibirama-SC), que cravou 57s568, mas a vitória ficou com Félix, o último a descer e fechar em 57s565.


"Nem sei o que falar, estou emocionado demais; coloquei meu nome na história dessa prova. Todos sabem como é difícil ser atleta, conseguir patrocínio e apoio. Agradeço a todos que ajudaram. A prova em Santos é a que eu mais espero”, disse o vencedor, com dificuldade e lágrimas nos olhos.


No feminino, Bruna Ulrich (Ibirama-SC) manteve o título de Rainha, terminando mais uma vez em primeiro lugar.


Participaram 80 pilotos de cinco países, que enfrentaram 514 degraus distribuídos em uma pista de 600 metros. O desnível do trajeto é de 143 metros, o equivalente a um prédio de 45 andares.


Por três milésimos de segundo, Lucas Borba é vice-campeão da Descida das Escadas de Santos

Apenas três milésimos de segundos. Foi esse curtíssimo espaço de tempo que impediu o catarinense Lucas Borba (Manoel Marchetti/Shimano) de ocupar o lugar mais alto do pódio na Descida das Escadas de Santos. Após ser o mais rápido na qualificatória do sábado (16) e neste domingo (17) iniciar o dia classificando-se à decisão em segundo lugar, Lukinha fez sua descida final em 57seg968, contra 57seg965 do campeão Júnior Félix, que também havia feito o melhor tempo na fase anterior. Completaram o pódio Bruno Silva, Guimerton Ribeiro e Wallace Miranda, entre terceiro e quinto lugares, respectivamente.




"Foi um fim de semana bacana e estou bastante feliz pelo meu desempenho. Como em 2018, fui o mais rápido na classificatória e também passei para a decisão em segundo lugar, resultado que acabou sendo o da final. Gostaria muito de ter vencido a corrida, mas sei que as coisas acontecem no seu tempo. Tentei não passar do meu limite pelo excesso de vontade e agora é seguir lutando", avaliou Lukinha. 

"Sair daqui campeão era minha meta, sei que estava em uma fase boa por estar me divertindo muito nessa pista, fluindo legal e pedalando sem pressão. Me senti confortável; Para mim foi uma ótima corrida. Félix e eu andamos praticamente igual. 0.003 não dá nem para medir em espaço, tamanho ou velocidade a diferença entre nós. É um número muito pequeno. Parabéns para o Félix, foi o dia dele. Agora é pensar no ciclo de provas que tenho pela frente. Fico feliz por mostrar que nós, catarinenses, somos fortíssimos no downhill", completou o ciclista de Ibirama.



Confira, no vídeo abaixo, a descida campeã, do piloto Júnior Félix


Nenhum comentário

Recent Post

Janio Rossa Cycling
Tecnologia do Blogger.