Biketech Floripa

quinta-feira, 18 de março de 2010

Olá Pessoal,

Minha definição para o Audax: grande e ótimo passeio por esta ilha maravilhosa, ao lado de muita gente legal!

Como já estamos perto da prova do Audax Floripa, neste domingo, seguem algumas razões para quem ainda se encontra em dúvida sobre a participação ou não neste evento. Se você já estiver inscrito e conhece alguém que ainda não se decidiu, mostre a eles estes motivos que foram postados no blog Bicicleta na Rua :

Razões para você participar do Audax:

  1. Numa atitude inédita, os ciclistas terão a oportunidade de pedalar por cima da Ponte Colombo Sales, vislumbrando a histórica Ponte Hercílio Luz.

  2. Em outra oportunidade única, os ciclistas passarão por dentro do terreno da Base Aérea da Tapera, por dentro da qual só militares estão autorizados a passar.

  3. Acabou o sufoco para a maioria dos participantes: os trechos de paralelepípedo no Ribeirão da Ilha não estão no percurso oficial.

  4. Os PCs (Postos de Controle) estarão cheios e fartos! Houve mudança quanto aos responsáveis pela logística dos alimentos (maior reclamação em relação a 2009) e, desta vez, já está tudo preparado para os ciclistas adquirirem suas energias durante a prova.

  5. Pela primeira vez, os ciclistas passarão pela Av. Paulo Fontes, que foi fechada ao tráfego de veículos motorizados (exceto ônibus) no final de 2009, mais humanizada.

  6. Pela última vez se passará pela R. Ver. Osni Ortiga como ela se encontra hoje. Ano que vem deverá estar pronta a primeira ciclovia da Lagoa!

  7. Haverá vários trechos com ciclovias e ciclofaixas (embora parte malfeita e/ou com problemas, inclusive de acessibilidade) como a da Av. Beira-Mar Norte, Via Expressa Sul, Av. Hercílio Luz, Av. da Saudade, além dos bairros Agronômica, Ingleses, Cachoeira do Bom Jesus (Av. Luiz Boiteux Piazza) e Rio Tavares, além da Tapera, Armação (compartilhados) e Canasvieiras (indefinida na Rod. Tertuliano de Brito).

  8. São José, município adjacente a Florianópolis, incluindo seu centro histórico (e a ciclovia de sua beira-mar), também faz parte do percurso.

  9. O Morro da Lagoa, um dos locais de maior inclinação dos trajetos urbanos de Florianópolis, não está incluído no roteiro! Quer moleza maior que essa?

  10. A edição de 2009 demonstrou o espírito de solidariedade e companheirismo entre os participantes, que, diferente de todas as demais provas de ciclismo, se cumprimentavam ao encontrarem-se.

  11. Estarão na prova os ciclistas Márcio May, que representou o Brasil em três Jogos Olímpicos, Michael Lin, triatleta australiano, Jorge Rovetto, vice-campeão panamericano de ciclismo em Cuba-1998, Luiz Faccin, que completou o Randonée/Audax Paris-Brest-Paris em 2007, e Peter Cox, inglês que palestrará no Fórum das Américas sobre Mobilidade Urbana nas Cidades.

0 comentários:

Postar um comentário