Biketech Floripa

sábado, 29 de dezembro de 2012

Durante todo o período de festas de fim de ano e ano novo, é necessário um cuidado maior ao pedalar pela cidade. Não é preciso ficar paranoico(a), trancar-se em casa e nem achar que todo motorista dirige com imprudência. Mas, na falta de uma fiscalização eficiente, que quase não inibe infratores mesmo em dias “normais”, é preciso pedalar com um senso defensivo maior.

  • Fique atento(a) ao som de aceleração dos veículos e à maneira como os motoristas se aproximam de você (se o fazem de maneira tranquila ou agressiva). Apure a sua visão periférica usando-a com frequência para perceber lateralmente a aproximação de veículos vindo por trás. 
  • Nos faróis, ainda que o sinal esteja verde pra você, avance com cuidado, já que muitas pessoas furam o semáforo à noite e de madrugada. 
  • Ao notar qualquer movimento hostil de algum motorista (especialmente em vias estreitas, onde a margem de manobra é pouca) não pague pra ver: afaste-se do veículo, vá para a calçada se for necessário. 
  • Não há que se esperar uma direção razoável quando quem dirige está predisposto(a) a cometer um crime usando um veículo motorizado como arma.

Se além de ciclista você também for motorista, repare no seu comportamento ao volante durante a semana, não só em relação aos ciclistas, mas também em relação aos pedestres e outros motoristas. Avalie se sua direção contribui para tornar o trânsito mais ou menos civilizado.

Outros links

Mais dicas para pedalar com segurança no trânsito:

1 – Manter a bicicleta em bom estado de conservação;
2 – Para transitar sobre calçadas e passeios, desmontar e empurrar a bicicleta;
3 – Andar pela borda direita da via, no mesmo sentido do tráfego, onde não houver ciclovia, ciclofaixa ou acostamento. Em grupo, ande em fila única. Se precisar ultrapassar um veículo parado olhe pelo retrovisor (obrigatório), sinalize com o braço suas intenções e após ultrapassar retorne imediatamente;
4 – Respeitar a sinalização, não ande na contramão ou sobre o passeio (salvo se houver sinalização permitindo o compartilhamento do passeio);
5 – Não trafegar pela canaleta;
6 – Domine a bicicleta dirigindo-a com atenção e os cuidados indispensáveis à segurança do trânsito, portanto mantenha as duas mãos no guidão.
7 – Instalar os equipamentos obrigatórios : campainha, sinalização noturna dianteira, traseira, lateral e nos pedais, e espelho retrovisor ao lado esquerdo;
8 – Utilizar, preferencialmente, roupas claras ou refletivas ;
9 – Não pegar “rabeira” em veículos motorizados;
10 – Não transportar excesso de carga;
11 – Sempre que possível, utilizar equipamentos de proteção pessoal (capacete, luvas, joelheiras, cotoveleiras e óculos), não são obrigatórios, mas o bom senso recomenda seu uso;
12 – Pedale em linha reta, sem fazer zig–zag;
13 – Não arrisque sua vida confiando que o motorista tem que respeitá-lo;
14 – Quando estiver trafegando em ruas de paralelepípedo, cuidado com as manchas de óleo, pois são escorregadias;
15 – Não use rádios ou fones de ouvido, eles podem lhe distrair fazendo com que você não perceba perigos à sua volta;
16 – Em cruzamentos, pontes e viadutos mais perigosos desça e empurre a bicicleta, olhando para frente e para trás;
17 – Antes de sair de casa estude um roteiro, escolha ruas com o menor fluxo de veículos possível;
18 – Pedale de forma que seu comportamento transmita segurança aos outros;
19 - Mantenha velocidade compatível, evite excesso;
20 – O pedestre tem a preferência, respeite-o sempre.






0 comentários:

Postar um comentário