Biketech Floripa

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Olá pessoal,

Infelizmente, nós ciclistas estamos sujeitos a esta situação, principalmente se pedalarmos pelas ruas e estradas diariamente, como no meu caso, pedalando para o serviço, ou mesmo em atividades de lazer.

A pedido de um amigo biker, vou relatar o que aconteceu comigo, ao colidir com um veículo que atravessou a minha frente, quando o motorista cruzava a SC-401 (maiores detalhes, clique aqui).
  • A primeira atitude é tentar manter a calma e procurar ver se houve lesão, fratura ou alguma outra coisa;
  • A próxima é acionar a polícia militar (190) e indicar se existe a necessidade de uma ambulância. No caso de acidente com lesão, não deixe de requisitar a ambulância, pois, além do serviço médico que será prestado, a polícia dá prioridade para o atendimento de acidentes com vítimas; No meu caso, um bombeiro que passava pelo local, chamou a ambulância dos bombeiros.
  • Se puder, chame alguma pessoa para lhe ajudar (um parente, um amigo). No meu caso eu não chamei, deixando para fazer isto após ser liberado pelo pronto socorro.
  • Quando chegar a ambulância, serão feitos alguns testes para tentar identificar possíveis fraturas e também se a vítima se encontra em estado de choque ou com alguma lesão séria. No meu caso, senti uma dor muito forte na coxa esquerda, a parte do corpo que sofreu todo o impacto. Me deram a opção de ir para a casa ou me levarem para um pronto socorro, que estava próximo. Também fiquei zonzo por uns 10 min, mas depois melhorei;
  • Na dúvida, vá a um pronto socorro ou hospital para tirar radiografias e se certificar que não possui qualquer tipo de fratura. A ambulância me levou para o Pronto Socorro do Norte da Ilha, onde fui bem atentido e tirei algumas radiografias, não sendo constatada qualquer fratura.
  • Se estiver em condições, faça o Boletim de Ocorrência (BO), no local do acidente. Caso não seja possível, pergunte ao policial qual o posto de polícia ou delegacia que você deverá se dirigir para fazer o BO. Não se esqueça que, FAZER o BO é muito importante. Quando estava no hospital, ligaram da Delegacia e solicitaram algumas informações (nome completo meu e da minha mãe, telefone de contato, endereço) e me alertaram para que passasse na delegacia, para relatar minha versão;
  • Caso você tenha se machucado, provavelmente o policial lhe entregará um documento sobre o Exame de Delito. A partir da data do acidente, você terá até 6 meses para, caso necessário, processar o culpado pelo acidente, solicitando ressarcimento por danos físicos e materiais. Este formulário me foi entregue no momento em que fui buscar o BO;
  • Bicicleta danificada: se o motorista não possuir seguro, você terá que negociar com ele o conserto da sua magrela. Caso tenha, a seguradora é que será responsável por pagar o conserto ou, em caso de perda total, o valor referente a sua bicicleta (abordarei este assunto com mais detalhes em outro post). No meu caso, minha bike não estragou e não tive este tipo de problema. O motorista até se prontificou a pagar por pelo possível conserto, mas não foi preciso.
  • Se você for para o hospital/pronto socorro, precisará pedir alguém para guardar sua bike, pois nem o motorista da ambulância e nem os policiais autorizaram colocar a bicicleta em seus veículos para que a levassem para o pronto socorro. Por sugestão de alguém, solicitei a uma moradora da residência localizada na frente do local do acidente, para que guardasse minha bicicleta. Ela permitiu e guardou a bike até que fui buscá-la.



Dicas para uma Condução mais segura

Infelizmente, estando certo ou errado, numa colisão com um veículo automotor, o ciclista sempre sairá perdendo...

Portanto, o melhor a fazer, é se prevenir e conduzir a bike por você e pelos veículos próximos, sempre tentando antecipar a intenção do motorista: quando ele fizer uma conversão sem sinalização, ao cruzar a sua frente, ao parar de uma só vez, ao abrir a porta do veículo, entre outras situações.

Outras dicas importantes são em relação a dois dos sentidos muito utilizados quando estamos pedalando:
  • Visão: evite usar óculos escuros quando a visibilidade for baixa. Nestes casos, utilize óculos com lentes claras, para evitar que insetos, poeira e até mesmo água venha a colidir com seus olhos;
  • Audição: nunca utilize fones de ouvidos. É muito importante os ruídos do trânsito, permitindo que você fique alerta e saiba o que ocorre próximo a você.
No mais, é rezar para que este tipo de situação nunca ocorra com você ! :)

Abraços, Biker


Categories: ,

0 comentários:

Postar um comentário