Cicles Hoffmann

Blog Archive

Breaking

Recent In Internet

Recent Post

LightBlog
Adbox

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Espanhol Javier Guijarro vence a Copa São Paulo Open de Bike Downhill, em São Vicente
Foto: Hugo Hora
Em um dia com muito sol e calor na Baixada Santista, que proporcionou o cenário ideal para a prática do mountain bike na pista de downhill Asa Racing, o espanhol Javier Guijarro deu a volta por cima após ser apenas o sexto colocado no qualify e ganhou o título da abertura da Copa São Paulo Open de Bike Downhill, em São Vicente, com apenas 1 décimo de segundo à frente do paulista Gabriel Gianinni. O evento, com patrocínio da Riachuelo, foi realizado no Morro da Asa Delta, na Praia do Itararé, em um traçado de 900 metros, com altitude máxima de 180 metros. 

Ao lado de Javier Guijarro e Gabriel Gianinni, subiram no pódio três brasileiros, Guimerton Ribeiro, Wallace Miranda e Gabriel Oliveira, entre terceiro e quinto lugares, respectivamente. Recém chegado ao Brasil para disputar a Copa São Paulo Open de Bike Downhill e a Descida das Escadas de Santos, no final de semana que vem, nos dias 18 e 19 de fevereiro, o piloto espanhol comemorou muito seu feito e destacou os estudos de percurso entre o qualify e a final.
  
Campeão Javier Guijarro
Foto: Hugo Hora
"No sábado (11) só pude fazer três descidas e assim tive que estudar muito o percurso durante o tempo de descanso até a final neste domingo (12), assistindo as imagens que fiz com uma câmera on-board. Precisava ganhar cinco ou seis segundos em relação aos meus adversários e também ao meus tempos anteriores, para brigar pelo título. Tudo deu certo e agora é me preparar para a Descida das Escadas de Santos, muito mais motivado", contou Javier. 

"Os outros pilotos da competição tinham um nível forte e conheciam bem o circuito. Então, sabia que deveria me esforçar muito para levar a vitória. E, no fim, tudo saiu redondinho. Tinha muita vontade de vencer. Está apenas começando a temporada e o objetivo era ir além de estar no pódio, mas sim ser o campeão. Estou muito feliz por isso. Viajei milhares de quilômetros entre Barcelona e São Paulo e todo esforço está sendo recompensado", completou o espanhol.

Mesmo com o vice-campeonato com uma diferença tão pequena, Gabriel Gianinni preferiu exaltar os pontos positivos da colocação obtida. "Após o qualify já tive uma noção de como seria a final, porque ninguém desce brincando no primeiro dia, mesmo não ainda valendo a vitória. Todos forçam o ritmo e vi que eu estava na disputa. Minha descida final foi boa, com cautela para não ter erros e talvez foi neste ponto que fiquei em segundo. Estou feliz com o resultado. Apenas 1 décimo mostra que estou em um nível bom", disse Gianinni, atual campeão brasileiro na Confederação Brasileira de Mountain Bike (CMTB).

Foto: Stephen Black - Divulgação
Demais campeões - Não faltou festa também nas demais categorias da competição. Sagraram-se campeões da etapa: Manolo Olmo e Imma Rodriguez (Tandem), Leonardo Correia (Júnior Rígida), Bruno Dantas (Rígida Máster), Cayque Westin (Infanto-Juvenil), Matheus Westin (Juvenil), Frederico Gadoni (Máster A), Joan Vicente (Máster B), Carlos "Minhok" Nascimento (Máster C), Sérgio Rossi (Máster D), Carlos Patron (Máster E), Caio Mourão (Júnior), Lucas Gusmão (Sub-23) e Lucas Ribeiro (Sub-30).

Presenças ilustres - Prefeito de São Vicente recém eleito, Pedro Gouvêa (PMDB) esteve presente acompanhando toda a decisão na Praia de Itararé. Ao seu lado, esteve também Gilson Nunes, da Secretaria de Esportes (Sespor), que valorizou a competição. "Para nós que estamos iniciando este novo governo na cidade, é um prazer enorme ter uma competição deste nível sendo realizada em São Vicente. É a primeira etapa e já engrandece o nosso município. Nossa grande preocupação é ver a cidade no auge e no pódio do esporte, como um todo. Esse evento trouxe atletas de várias regiões do estado e de fora do Brasil. Estamos felizes de dar o suporte e apoio aos organizadores desse evento. Projetos como este são muito bem-vindos na nossa cidade", destacou Gilson Nunes.

"Essa pista é totalmente natural. Em Santos também há competição de downhill nesta época do ano, mas eles adaptam as escadarias lá para receber o evento. Ter esta pista de alto nível aqui nada mais é que o esforço das pessoas envolvidas com o esporte em São Vicente, encontrando valores naturais da nossa cidade que talvez não seriam tão bem aproveitados. Agora estão sendo aproveitadas e continuarão daqui pra frente, com muito mais eventos", concluiu o secretário.

Patrocinador satisfeito - Gestor de marketing, promoções e eventos da Riachuelo, Thales Figueiredo elogiou a organização e comemorou o sucesso do evento. "Pude ver aqui em São Vicente que a Copa São Paulo Open de Bike Downhill é um aquecimento dourado para a Descida das Escadas de Santos. Em um período de dez dias patrocinar duas competições como essas está sendo muito bom", comentou Thales Figueiredo. 

"A Riachuelo está presente em esportes nos quais a moda seja parte do life style dos praticantes. Não trabalhamos com vestuário de performance, mas sim relacionado à moda. Encontramos os esportes em que existe de forma intensa essa relação. Começamos com o skate, depois chegamos até o surf e agora, mais recentemente, desde cinco anos atrás, estamos presentes no mountain bike com as competições de downhill, inicialmente com a Descida das Escadas de Santos e desde este ano com a Copa São Paulo Open de Bike Downhill", completou Thales.

A Copa São Paulo Open de Bike Downhill é um projeto aprovado pela Lei Paulista de Incentivo ao Esporte (Lei 13.918) do Governo do Estado de São Paulo, com o patrocínio da Riachuelo, realização da ONG Associação Progresso, apoio da Prefeitura do Município de São Vicente, através da Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo - SELJ. O evento é homologado pela Confederação Brasileira de Mountain Bike (CBMTB), válido pelo ranking nacional da CBMTB - Cl1.

Mais informações:
. Site: copasaopaulobikedownhill.com
. Página no Facebook
Categories:

0 comentários:

Postar um comentário