Biketech Floripa

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Poucos, bem poucos ciclistas tem coragem de encarar um ULTRA-MEGA Desafio de pedalar 1000 km em no máximo 75 horas! O biker Guilherme Dalsasso fez ainda mais! Elevou muito o nível de dificuldade, participando com a mão direita fraturada!!! :)

Veja abaixo a história deste Audaxioso Vencedor Guilherme Dalsasso que ainda nos brinda com uma importante Lição de Vida!

Essa medalha foi merecida!! 

Faltando 20 dias para o início do Audax 1000 km sofri um acidente descendo o Morro da Cruz. Excesso de confiança e imprudência... Entrei muito rápido em uma curva, tentei reduzir mas perdi a tangente e bati de frente no guard rail do outro lado, capotei e bati a cabeça em uma árvore. 

A primeira coisa que fiz foi conferir se meus dentes estavam no lugar.. alguns segundos de aflição até a língua encontrá-los no meio da terra que entrou na boca. Um funcionário da Floram, que trabalha no parque que fica logo embaixo, veio prestar socorro.. Achou que uma moto tinha batido pelo barulho! :)


Lavei os machucados no banheiro do parque, conferi se a bike tinha condição de rodar e pensei: Final da tarde de sexta... Se eu ligar pra virem me buscar, vai demorar muito mais do que ir pra casa pedalando. Fui pedalando e percebi que o impacto na mão, que já inchou na hora, havia sido mais sério. Falei pra mim que não era hora de ficar parado. 


Muito gelo e 2 dias depois consegui pedalar no rolo fixo em casa, sem apoiar a mão quebrada e trocando as marchas com a canhota. Três dias depois vi que tinha condição de calçar as luvas e trabalhar e segui com a rotina. Quatro dias depois já estava na BR 101, testando a mão em um pedal plano, levantando a mão a cada irregularidade no asfalto pra não sentir a trepidação. 


Na mesma semana já consegui ir até Rancho Queimado, pra manter as subidas em dia pois sabia que teria que enfrentar a Serra Gaúcha. Continuei indo no Yoga, Pilates e musculação, fazendo os movimentos em que era possível administrar a dor.. 


E assim foi até a véspera da prova. Pedal de 15 km só pra testar a bike e a mão ainda doía. Mesmo em 3 dias seguidos de Audax, achei que a dor não seria capaz de me tirar da prova. Fui pra prova e incrivelmente a dor resolveu sumir!! Não senti mais a fratura!! 


Subindo a Serra Gaúcha - Foto: arquivo pessoal

Parece que as coisas realmente acontecem na nossa vida pra nos testar e nos fortalecer. O caminho da desistência é sempre mais curto, mais fácil e está o tempo todo tentando seduzi-lo, tentando tirá-lo dos seus objetivos... E vc é o único responsável por escolher qual caminho quer seguir na vida.


ULTRA-MEGA Desafio Concluído! - Foto: arquivo pessoal
PERCURSO
Percurso e bike pronta para o Audax 1000 km
Foto: arquivo pessoal
. Total de 1011 km, com 9181 m de altimetria e um tempo limite de 75 horas para a conclusão. 
. Audax 1000 km Floripa / Gramado-RS / Floripa!

ESTATÍSTICAS DO AUDAX 1000 KM
. Estatísticas do Audax 1000 km
. Tempo total de prova : aprox. 67 horas 
. Tempo em cima da bike: 39 horas e 31 minutos 
. Distância total: 1018,7 km
. Velocidade média: 25,8 km/h 
. Altimetria acumulada: 7631m 
. Maior subida: aprox. 11 km com inclinação média 7% (subimos em 1 hora e 15 minutos) 
. Calorias gastas: 24373 
. Temperatura maxima: 30 graus 
. Temperatura mínima: 6 graus (sensação térmica beeeem menor) 
. Temperatura média de todo percurso: 14 graus 
. Horas de sono: primeiro para segundo dia - aprox. 4 horas e 30 minutos 
. Segundo para terceiro dia - aprox. 5 horas

Categories:

0 comentários:

Postar um comentário