Biketech Floripa

sexta-feira, 10 de junho de 2016

Fonte: Revista Bicicleta - O Portal da Bicicleta

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Municipal (de São Paulo, capital) aprovou o texto do projeto de lei que cria uma bolsa de R$ 50 para cidadãos que vão ao trabalho usando bicicletas.
Ciclista na Rua da Consolação. Foto: Sergio Castro/Estadão
A proposta é que todos que vão ao trabalho de bicicleta ao menos três vezes por semana tenham direito ao benefício. Os créditos do cartão só poderão ser usados para a compra de bens e serviços relacionados à manutenção das bicicletas.

Os recursos que vão sustentar o cartão virão de uma renúncia fiscal por parte da Prefeitura: as empresas que se interessarem pela proposta poderão abater os créditos depositados no cartão do valor devido de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).

O teto é 20% do valor do IPTU. Mas, para participar, a empresa terá de ter ao menos 30% dos funcionários usuários de bicicleta, e deverá instalar paraciclos ou estacionamentos para as bikes dos colaboradores.

Foto por: Jim Young/Reuters
O vereador autor da proposta, José Police Neto (PSD), também prevê, no texto do Projeto de Lei, que a Prefeitura possa subsidiar o cartão, no limite de R$ 1 para cada R$ 1 que a empresa depositar no cartão.

Segundo Police Neto, a ideia é dar aos trabalhadores que optam pela bicicleta um incentivo, uma vez que abririam mão do vale-transporte convencional. A fiscalização do programa será feita pela Secretaria Municipal de Transportes.


A expectativa do vereador é que o texto seja votado no plenário da Câmara, até o fim deste mês.

Leia aqui a íntegra do Projeto de Lei

Veja 8 empresas em São Paulo que incentivam funcionários a usar bike

É pedalando que se torna um ciclista - mas, no meio da semana, ir de bike pode ser contramão. Para dar uma força, empresas estão começando a incentivar seus funcionários a fazer da bicicleta um veículo de todos os dias. É um jogo em que todos saem ganhando. O Estado conversou com oito negócios da capital paulista que deixam o pedal de sua equipe mais leve. 

- NETSHOES, desde 30 de setembro os funcionários podem pegar bicicletas da empresa para ir para casa e voltar. Em junho, a empresa começou a disponibilizar bikes durante o expediente, para que os funcionários pedalassem a reuniões e também de uma unidade da empresa para outra (Vergueiro e Liberdade, que são separadas por 600 metros).

- Os funcionários do SANTANDER que chegam à sede do banco, na Vila Olímpia, podem escolher se querem que sua bicicleta tenha os pneus calibrados e receba algum ajuste ou conserto. Kits higiene e armários com trancas também são fornecidos para que o hábito de pedalar não traga nenhum desconforto ao trabalho. Além disso, há espaldares para o devido alongamento - antes e depois do pedal.

- A agência criativa SEÑORES, no Jardim América, criou no começo do ano passado o “Bike da Firma”, programa de incentivo por distância percorrida de bike. Assim, empresas poderiam oferecer o programa a seus colaboradores ou clientes. A equação prêmios por pedaladas deu tão certo que ainda neste mês será lançado um aplicativo que vai deixar o “Bike da Firma” disponível para todos os ciclistas.

- Situado no Brooklin, o espaço de coworking PLUG tem duas bicicletas elétricas para aluguel - as primeiras duas horas são gratuitas. O serviço é fruto de uma parceria com a startup paulistana E-moving, que nasceu no começo deste ano.


- O escritório do GOOGLE em São Paulo, na Avenida Brigadeiro Faria Lima, dá ao seu time descontos em compras de bicicletas. A empresa também tem um dia sem automóvel: o “Bike To Work Day”. Na foto, funcionários pedalam no Rio em comemoração à estreia dos trajetos de bicicleta no site e aplicativo Google Maps, em junho.

- O ITAÚ oferece a seus funcionários os cursos “Aprendendo a andar de bike” e “Dicas para andar de bike na rua”, em uma parceria com o projeto Bike Anjo, que colabora com várias outras companhias - inclusive a Netshoes. No novo data center do banco, em Mogi Mirim, os colaboradores podem deslocar-se de bike.

- O CARREFOUR fez um passeio ciclístico para colaboradores e familiares nas comemorações de 40 anos da companhia no Brasil, no fim de setembro. O percurso foi da loja Marginal Pinheiros - a primeira da empresa no País - até o Parque Cândido Portinari.

Em agosto, para comemorar os cinco anos do GROUPON no Brasil, a empresa fez um passeio ciclístico no Parque Villa Lobos para os funcionários.

Categories:

0 comentários:

Postar um comentário