Biketech Floripa

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Com a grande variação de temperatura comum dessa época do ano, saiba quais alimentos ajudam a aumentar a imunidade

Fonte: Prólogo Ativo por lucastornioli


A grande variação de temperatura comum nesta época do ano coloca o sistema imunológico à prova. O ar seco, o frio e fatores climáticos típicos de grandes metrópoles (como a poluição) exigem ainda mais do organismo, elevando a incidência de gripes e resfriados, entre outros problemas. Alimentos específicos podem ajudar a amenizar esse cenário. Por isso, a nutricionista Liane Schwarz Buchman fez uma lista de aliados para aumentar a imunidade.

Abacate
O abacate é rico em Ômega 3, substância que ajuda no melhor funcionamento do cérebro, já que estimula a circulação do sangue e aumenta a capacidade de concentração. Além disso, ele é ótimo no combate de radicais livres decorrentes do exercício intenso

O abacate é rico em vitamina E, importante micronutriente que auxilia o sistema imune. Além disso, o abacate possui fitoesterol, substância que ajuda na inibição e na absorção do colesterol ruim”, argumenta Liane.

Leites e derivados
Com alto valor nutricional, os leites e seus derivados são grandes fontes de proteínas, vitaminas e minerais, colaborando para o o equilíbrio diário de cálcio, nutriente fundamental para a manutenção da estrutura óssea.

Os iogurtes em especial possuem lactobacilos importantes para a manutenção de nosso organismo. Esses lactobacilos possuem ação probiótica, turbinando, assim, o sistema imune”, explica a nutricionista.

Salmão
O salmão é rico em ácidos graxos, substância que o organismo não pode produzir sozinho. Assim, sua ingestão deve acontecer por meio da alimentação. Esses ácidos possuem grande poder anti-inflamatório, o que faz deles essenciais para a manutenção do sistema imunológico.

Além disso, o consumo de peixes é associado à redução de mortes por doenças cardíacas, já que o Ômega 3 presente nos peixes ajuda na diminuição de doenças cardiovasculares.

Frutas cítricas
Frutas cítricas como laranja, limão e tangerina, por exemplo, possuem elevado número de antioxidantes, vitaminas C e E, carotenoides, clorofilas e flavonoides. “A maioria dos antioxidantes presentes em cítricos são  vitamina C e polifenóis, principalmente flavonoides – sendo responsáveis por melhorar o sistema imune e auxiliar a manter a homeostase do organismo”, ressalta Liane Buchman.

Categories: ,

2 comentários:

  1. Saudações!
    Acho que o sonho de todo ser humano é conseguir melhorar-se através da alimentação: imunidade, anti-envelhecimento, beleza, força física.
    Porém a alimentação é apenas uma variante na equação complexa da imunidade. Junto a ela somam-se atividades físicas, caminhadas ao ar livre (ou quaisquer outras atividades outdoor), luz solar, evitar emoções negativas e stress, relacionar-se bem socialmente, trabalhar e descansar suficientemente, cultivar amizades, cultivar a fé (ou meditar)... e possivelmente alguns outros pontos que eu posso ter esquecido :)
    Gostei da abordagem, mas não podemos usar uma lógica unicista quando se trata de imunidade do ser humano.
    Grande Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu pelos comentários Thais, concordo com vc!
      Mesmo assim, acredito que a alimentação pode não resolver o problema sozinha, mas pode ajudar muito! :)

      Abraços!

      Excluir