Biketech Floripa

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Nesta última terça, dia 22/09/15, Dia Mundial Sem Carro, o governo, segundo o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, prestou uma homenagem aos ciclistas do país ao lançar a Cartilha do Ciclista (disponível neste link em formato PDF).

Essa homenagem é uma das ações para consolidar políticas públicas em apoio e solidariedade aos ciclistas

A Cartilha reúne informações sobre legislação, sinalização, diferentes vias que compõem a rede cicloviária e regras de circulação e segurança. 

O objetivo é esclarecer e conscientizar ciclistas, condutores de veículos motorizados e pedestres sobre como manter uma convivência pacífica e harmônica entre os diversos modais no trânsito brasileiro. 

Cartilha está muito bem ilustrada e escrita! Baixe a sua cartilha e veja que existem muitas informações importantes!

Segue abaixo a reportagem completa!

Cartilha Nacional do Ciclista é mais um passo para ampliar segurança no trânsito, diz ministro

Fonte: Ministério das Cidades

Escrito por Ascom

No Dia Mundial Sem Carro, comemorado nesta terça-feira (22), o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, disse que o Governo Federal prestou uma homenagem aos ciclistas do país ao lançar a Cartilha do Ciclista.

A publicação foi possível graças à parceria da Secretaria Nacional de Transportes e Mobilidade de Urbana (Semob) do Ministério das Cidades com o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). “Essa homenagem é uma das ações para consolidar políticas públicas em apoio e solidariedade aos ciclistas”, afirmou Kassab.

O ministro das Cidades destacou o empenho das equipes na elaboração do projeto. “Quando a gente lê a cartilha percebe os detalhes e o quanto as equipes se dedicaram. Foram feitas pesquisas em diversas cidades do mundo para que essa cartilha fosse a mais ampla e completa possível. É uma oportunidade das prefeituras terem um manual para os ciclistas”, assegurou.

Kassab informou que a procura pela publicação foi grande mesmo antes do lançamento. “Só até o dia de ontem, já tínhamos quase 300 pedidos de  cidades de todo o país do Brasil, e, muito possivelmente, até o final de semana vai passar de mil municípios. É um número expressivo que mostra que o ciclista procura as prefeituras locais”, destacou.


Cartilha - A publicação reúne informações sobre legislação, sinalização, diferentes vias que compõem a rede cicloviária e regras de circulação e segurança. O objetivo é esclarecer e conscientizar ciclistas, condutores de veículos motorizados e pedestres sobre como manter uma convivência pacífica e harmônica entre os diversos modais no trânsito brasileiro. A cartilha está disponível, em formato PDF, no site do Ministério das Cidades.

O secretário da Semob, Dario Rais Lopes, explicou que a Cartilha envolve aspectos do uso da bicicleta como modo de transporte e as possíveis alternativas de deslocamento. “Essa publicação mostra a bicicleta como modo de transporte e esclarece ao ciclista os cuidados de equipamentos de proteção e manutenção. É importante que o condutor tome as precauções para que o seu deslocamento seja seguro e tenha fluidez”, justificou Dario.

Para o diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e presidente do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), Alberto Angerami, o lançamento da cartilha é mais uma etapa vencida na luta pela diminuição do número de acidentes no país. “Queremos que as bicicletas convivam harmoniosamente com pedestres, carros, ônibus, caminhões, motocicletas, visando sempre o trânsito seguro. Estamos trabalhando para salvar vidas”, afirmou Angerami.

O diretor do Denatran disse que o número de acidentes é “catastrófico” e que o Ministério das Cidades e o Denatran “trabalham para preservar vidas”. Angerami disse ainda que foi criado um grupo de trabalho composto por representantes do Denatran, Semob, e outros órgãos governamentais de trânsito para discutir as diretrizes de elaboração do Manual Cicloviário, com objetivo de orientar os municípios a desenvolverem sua rede cicloviária com padrões de sinalização e projetos adequados aos estabelecidos pelo Código de Trânsito Brasileiro


Sinalizações - Durante o evento, foram apresentadas sinalizações verticais e horizontais relacionadas à bicicleta para indicar circulação compartilhada de ciclistas, pedestres e motoristas. 

Uma delas é a placa de regulamentação R-36c, que indica a circulação compartilhada de ciclistas e pedestre em calçadas, canteiros, passagens subterrâneas de pedestres, passarelas, trechos de via, pistas ou faixas de circulação. 

A outra é o Símbolo Indicativo de Rota de Bicicleta (Ciclorrota) – SIR, que indica a existência de rota sinalizada para ciclistas.

Categories: ,

0 comentários:

Postar um comentário