Biketech Floripa

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Competição reuniu mais de 400 ciclistas no Sertão do Piauí neste domingo (30). Outras nove categorias também definiram os seus campeões

Fonte: MTB Brasília

Não faltou emoção na disputa do Campeonato Brasileiro de Mountain Bike Marathon 2015. Neste domingo (30), mais de 400 ciclistas encararam com muita garra e técnica o percurso duríssimo de 90 km montado na cidade de Picos, no sertão do Piauí. Nem mesmo o sol forte de 35 graus, com sensação de mais de 40, desanimou os atletas, que também puderam conferir de perto as belezas do Vale do Rio Guaribas.


Na Elite Feminina, a paulista Viviane Favery fez uma grande prova, completando o percurso em 4h32min06s, e superando a catarinense Tania Clair, campeã de 2014 da prova, que neste ano ficou com a medalha de prata a mais de quatro minutos da campeã, marcando 4h38min31s.

Ana Luisa Korc, também de Santa Catarina, fez o percurso em 4h50min37s e completou o pódio com o bronze.

Essa prova é muito dura, ela me favoreceu muito nos planos, consegui imprimir um bom ritmo, foi quando eu consegui distância da minha adversária. Mas o tempo todo eu fiz uma prova de fuga, não deu para aproveitar nada, só conseguia que a qualquer momento as meninas iriam chegar”, disse a campeã.




Disputa masculina – Após uma disputa intensa na Elite masculino, o grande campeão foi o mineiro Halysson Ferreira, que apostou em uma tática agressiva, acelerando ao máximo logo no início da prova, terminando com 3h36min49s. No final, Halysson sentiu o cansaço e o desgaste dos 90km percorridos sobre trechos de areia, pedras, subidas íngremes e descidas técnicas que exigiram toda a atenção dos competidores, mas cruzou a linha de chegada muito feliz com a realização de um sonho.

A sensação é muito boa, ver que um trabalho duro de três ou quatro meses visando a prova faz a gente saber que todo o esforço valeu a pena. É muito gratificante consegui chegar e realizar o meu sonho de ser campeão brasileiro de maratona. É preciso muita raça para completar a prova, é muito desgastante. Consegui uma boa vantagem no início da prova, no fim da prova muitas câimbras, dores nas costas, mas deu tudo certo”, comemorou o campeão.

Tânia Clair Pickler Negherbon
Vice Campeã Brasileira 2015 de MTB Maratona

Final de semana estive em Picos, no estado do Piauí para disputar mais um Campeonato Brasileiro de MTB Maratona. Este foi meu 5º brasileiro e estou muito feliz em conquistar a minha 5ª medalha (agora são 1 de ouro, 2 de prata e 2 de bronze).


Falando sobre a prova, o circuito não tinha muitas subidas. Foram apenas 1.243 m acumulados em 96 km. A dureza da prova ficou por conta da combinação: longa distância + terreno arenoso + calor + clima seco. 


No inicio da prova tinham as duas subidas um pouco mais longas do dia onde consegui assumir a liderança da prova, mas quando chegava nas partes planas era alcançada pela minha adversária. Seguimos um tempo revezando a liderança, mas na segunda trilha, antes do lajeado de pedras e do trecho de empurra bike na areia, ela abriu e perdi contato. Depois disso segui sozinha até completar os 96 km do trajeto no meio do sertão Piauiense. Foi uma experiência incrível.


(clique aqui para ler o depoimento completo no Facebook)



Ana Luísa Panini

3ª colocada no Campeonato Brasileiro de Mountain Bike Marathon! 

Não era bem o resultado que eu queria mas era o que tinha para hoje. 


O trajeto em Picos era muito arenoso e isso me causou uma forte queda, meu pneu dianteiro saiu em uma curva rápida, logo nos primeiros quilômetros, quase me tirou da prova e a minha estratégia teve que seguir outro rumo. 


Cheguei a estar em último lugar e levei um bom tempo para conseguir voltar para a prova, tive que ajeitar a roda dianteira que se deslocou e além disso os atletas das outras categorias me passavam a mil por hora, eu não conseguia entrar na pista. Assim que consegui fiz muita força, e alcancei algumas meninas onde fui crescendo cada vez mais.


Gastei muita energia antes da metade da prova e sofri mais do que imaginava sofrer nesse brasileiro, apesar da dor eu não pensei em desistir em nenhum momento. Meu joelho inchava cada vez mais, essa era minha maior preocupação mas eu estava decidida a terminar, mesmo faltando 90 km para a chegada! O que posso dizer é que eu nunca fiquei tão feliz com um terceiro lugar! Simplesmente uma prova onde superei a mim mesma!



(clique aqui para ler o depoimento completo no Facebook)


ACIBLU CONQUISTA MEDALHA DE PRATA NO MASCULINO E BRONZE NO FEMININO
Atletas da ACIBLU conquistam ótimos resultados no Campeonato Brasileiro de MTB Marathon, prova mais importante da temporada e a mais almejada por todos os atletas da modalidade.

Marcelo Moser – Pinguim sagrou-se Vice Campeão Brasileiro 2015 na categoria Elite Masculino e Ana Luísa Panini a terceira colocação na Elite Feminino.

A prova aconteceu neste domingo, dia 31, na cidade de Picos, no sertão do Piauí e contou com a participação de mais de 400 atletas de 18 estados do País.

A prova será lembrada pela dureza do percurso de 96 Km, sob um sol escaldante (temperatura perto dos 40 graus), clima seco, vento e estradas com muitas pedras e longos trechos em trilhas arenosas, características da região do Sertão.
Os dois atletas da Aciblu também estão liderando o Ranking Nacional da modalidade.










Categories:

0 comentários:

Postar um comentário