Biketech Floripa

sábado, 27 de dezembro de 2014

Quem sabe, em 2015, o Projeto Floripa Bike sai da gaveta para a realidade? :)

Fonte: Estado de Minas - Gerais

Bicicletas compartilhadas utilizam 74 quilômetros de ciclovias implantadas na cidade e promovem integração com o Move e com o metrô

Está concluído o projeto de bicicletas compartilhadas, o Bike BH, totalizando 400 bicicletas em 40 estações já em funcionamento na cidade. O projeto foi lançado em junho deste ano e as estações estão distribuídas pela área central e na orla da Lagoa da Pampulha. Atualmente, o Bike BH tem 34.946 usuários cadastrados e as bicicletas já foram utilizadas em mais de 34 mil viagens. Já foram solicitados 16.140 passes (7.108 diários, 8.162 mensais e 870 anuais) e os dias mais utilizados são domingos, sábados e quintas, nessa ordem, sobretudo no horário entre 16h e 18h.



A utilização de bicicletas, além de ser um transporte sustentável e não poluente, também traz benefícios à saúde e é uma ótima opção de lazer. As bicicletas compartilhadas utilizam os 74 quilômetros de ciclovias implantados na cidade, além de promover a integração com o Move e com o metrô. O Bike BH é viabilizado por meio de uma parceria entre a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da BHTrans, com a Serttel/Samba Transportes Sustentáveis, e conta com o patrocínio do Itaú. Mais detalhes do programa podem ser conferidos no site http://www.mobilicidade.com.br/bikebh/.

Como usar

Para usar as bicicletas, é preciso preencher um cadastro pela internet (neste link) e pagar um valor diário de R$ 3, mensal de R$ 9 ou anual de R$ 60. As bicicletas estarão à disposição dos usuários todos os dias da semana, das 6h às 23h para retiradas, e até meia-noite para devoluções.

O Sistema de Bicicletas Compartilhadas irá permitir a utilização da bicicleta por até 60 minutos ininterruptos, de segunda-feira a sábado (exceto feriados), e por até 90 minutos ininterruptos, aos domingos e feriados, quantas vezes por dia o usuário desejar. Para isso, basta que, após estes prazos, o ciclista devolva o equipamento em qualquer estação por um intervalo de 15 minutos.

Para continuar utilizando a bicicleta, sem fazer a pausa, serão cobrados R$ 3 pelos primeiros 30 minutos excedidos e, depois, R$ 5 para cada novo intervalo de meia hora. Para destravar a bicicleta, o usuário pode usar o aplicativo Bike BH para smartphones ou ligar, do telefone celular, para o telefone 4003-9847 (custo de uma chamada local).

Categories:

0 comentários:

Postar um comentário