Biketech Floripa

sábado, 26 de abril de 2014


Fonte: Bike Bros
Dica da Matéria: biker Geyson Serafin

Texto: Hudson Malta/Redação Bikebros.com.br

Você gastou uma fortuna naquele garfo maravilhoso ou naquele shock dos sonhos, mas não consegue fazê-lo funcionar direito? Talvez você só precise ajustar o “sag”, o “pre-load” e o “rebound”, e isso é bastante simples de fazer, embora envolva conhecimento sobre seu próprio estilo de pilotagem e o terreno onde irá pedalar. Leia com atenção e curta mais suas trilhas!

Sag
O sag  (do verbo em inglês “to sag” : ceder) é um ajuste que devemos fazer nas suspensões dianteira e traseira para garantir que ela funcione tanto nos obstáculos positivos (pedras, por exemplo) quanto negativos (buracos), garantindo uma base perfeitamente estável para a dinâmica da pedalada. Este ajuste prevê que, ao subir na bike, as suspensões deverão ceder em torno de 20% do seu curso total. Dessa forma, se sua suspensão tiver um curso de 100mm, ao subir na bike ela deverá “afundar” 20mm. Este ajuste dependerá do seu peso, estilo de pilotagem e tipo de terreno, pois um sag maior deixa a suspensão mais “macia”, e sag menor a deixa mais “dura”.  O sag é controlado através da compressão no sistema, seja aumentando ou retirando ar das câmaras, ou comprimindo/descomprimindo as molas. Na prática, o sag permite que a suspensão "leia" o terreno na íntegra, subindo e descendo seu curso. Tipicamente imaginamos que elas só precisem amortecer impactos, quando na verdade também precisam "preencher buracos".


Pre-Load
Já o “pre-load” (pré-carga) é o ajuste da quantidade de força inicial para que se inicie o movimento da suspensão, o que faz com que o equipamento se comporte de maneira mais firme, mas permanecendo sempre ativo. O peso do biker tem vital influência sobre este ajuste, juntamente com as características do terreno. Quanto mais pesado for o biker ou seu estilo de pedalada, maior deverá ser o pre-load. Com pre-load mais baixo, a suspensão fica mais macia e sensível, não precisando de forças muito altas para começar a trabalhar. O pre-load mais alto, por outro lado, a torna mais “dura” no início do movimento, menos sensível a pequenos impactos e menos progressiva durante o curso. Em muitos sistemas de suspensão, o pre-load também determina a "dureza" do sistema, ou resistência ao movimento, durante todo o curso. Outros sistemas, principalmente aqueles com “plataforma estável”, utilizam métodos mais refinados que afinam o pre-load ao início e durante o curso, evitando o famoso “bob” ao pedalar. Nos sistemas à ar, este ajuste é feito aumentando ou reduzindo a pressão das câmaras negativas, cuja função é tentar “empurrar” a suspensão para cima. Maiores pressões de ar nestas câmaras diminuem a força contrária ao movimento natural da suspensão, reduzindo o pre-load. Nos sistemas à mola, mais simples, o ajuste é feito simplesmente aplicando compressão, girando a “rosca” de dá suporte à mola.


Rebound
O “rebound”  (retorno, repercussão) controla a velocidade em que a suspensão retorna à sua posição inicial após amortecer um impacto. Este ajuste se relaciona com o tipo de terreno, pois quanto mais acidentado for, mais rápido deverá ser o retorno. Quanto menos acidentado, mais lento deverá ser o retorno. Pode-se levar em conta também a velocidade do biker: quanto mais rápido for seu movimento, mais rápido deverá ser o rebound. Este ajuste previne tanto os “coices” da suspensão, que podem derrubar o biker (rebound muito rápido), quanto ineficiência no amortecimento (rebound muito lento), que dá a impressão de que a suspensão não está amortecendo. Na maioria dos sistemas, este ajuste é feito através do controle da passagem do óleo entre duas câmaras. 


Algumas sugestões
Aqui estão algumas sugestões de ajustes, mas lembre-se: seu estilo de pilotagem e gosto pessoal contam muito! Experimente várias configurações até encontrar seus parâmetros ideais.

Plano:. Terreno acidentado, alta velocidade: Sag maior, Pre-load alto, Rebound rápido.
. Terreno liso, alta velocidade: Sag menor, Pre-load alto, Rebound lento.
. Terreno acidentado, baixa velocidade: Sag maior, Pre-load baixo, Rebound rápido.
. Terreno liso, baixa velocidade: Sag menor, Pre-load baixo, Rebound lento.


Subidas:
. Subidas lentas, terreno acidentado: Sag maior, Pre-load alto, Rebound rápido.
. Subidas lentas, tererno liso: Sag menor, Pre-load alto, Rebound lento.
. Subidas rápidas, terreno acidentado: Sag menor, Pre-load alto, Rebound rápido.
. Subidas rápidas, terreno liso: Sag menor, Pre-load alto, Rebound lento.

Descidas:. Descidas rápidas, terreno acidentado: Sag maior, Pre-load alto, Rebound rápido.
. Descidas rápidas, terreno liso: Sag maior, Pre-load alto, Rebound lento.

Concluindo...

Todos estes ajustes são vitais para o correto funcionamento do seu sistema de suspensão. Faça vários testes na trilha, alterando os ajustes e verificando o comportamento da sua bike. Anote os valores, e não se preocupe em alterá-los entre cada saída que você fizer. É importante que você  aprenda a usufruir do melhor do seu equipamento, pois assim estará valorizando seu investimento e contribuindo para o aumento da sua performance! 

Categories:

0 comentários:

Postar um comentário