Biketech Floripa

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Quem mora ou mesmo já passou pelo menos uma semana (ou até menos) em Floripa sabe que venta muito nesta cidade. Tem o famoso vento Sul (também chamado de Vento Súli) e também o não menos famoso vento Nordestão que estão, quase que diariamente, presentes na ilha.

Após o aparecimento da Áqua-Bike, acho que a BicicletoVela tem ótimas chances de aparecer por estas bandas e fixar residência! :)

Veja abaixo como a BicicletoVela  parece ser bem interessante!

Abraços, Biker

Fonte: Época SP - Bike


Arquiteto cria bike anfíbia para levar informação sobre mobilidade sustentável a estudantes do litoral nordestino


O arquiteto mineiro Argus Caruso recém-lançou o projeto de uma bike à vela anfíbia com a qual pretende percorrer o litoral nordestino ensinando crianças de escolas públicas sobre formas de mobilidade de energia limpa – como a própria “bicicletovela”, nome com o qual ele batizou o invento.
O arquiteto já tem grande experiência em ações educativas como essa, que envolvem longas viagens em bike. Entre 2001 e 2005, ele levou adiante o projeto “Pedalando e Educando”, durante o qual passou por 28 países e, em cada um deles, visitou escolas apresentando aos alunos fotos, vídeos e textos sobre as viagens, despertando neles o interesse por história, geografia e cultura geral.
Para criar a bicicletovela anfíbia, Argus Caruso inscreveu o projeto no Benfeitoria, site de financiamento coletivo que conta com doações de pessoas interessadas em ver a ideia sair do papel e trazer os resultados concretos que propõe. A bicicleta à vela já existe. O desafio, agora, é fazê-la flutuar no mar. Assim que a meta de arrecadação de R$ 25 mil for atingida, Argus começará a construção de dois protótipos e, em 2012, fará uma expedição de teste de 21 dias, durante os quais visitará cinco escolas públicas.
Para saber mais sobre esse projeto e fazer doações, entre no site Benfeitoria. Para saber mais sobre outros projetos do Argus Caruso, visite o site dele.

São os bons ventos da mudança se anunciando por aí.

2 comentários:

  1. Massa!
    Em Ibiraquera (Imbituba) vc pedala contra o vento em dia de nordestão e pode economizar pastilha de freio: é só parar de pedalar e contar 1, 2, 3...
    Ótimas postagens!
    Bom findi!

    ResponderExcluir
  2. Com certeza!
    Ano passado estive lá para uma competição de MTB na região da Praia do Rosa. Cheguei sábado à tarde e fiquei com receio do vento muito forte que estava soprando no momento, capaz de frear após chegar no nro 2 :). Segundo a dona da pousada, este vento estava assim há vários dias. Já previa dificuldades para a hora da competição. Não sei como, mas o dia seguinte amanheceu sem vento e foi assim durante toda a prova, para alívio dos competidores! :)

    ResponderExcluir