Biketech Floripa

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Ainda me lembro da expectativas, receios, preparativo e do "frio na barriga" relativos à minha primeira participação num Audax 200 km em 2009, no primeiro Audax Floripa! 

Ao ter conhecimento da prova do Audax 200 km, fiquei interessado em participar, mas com muitas dúvidas e receios. 


A prova é um desafio pessoal, para cada ciclista testar o próprio limite e não uma competição para saber quem termina primeiro. O objetivo é bem simples: o participante tem até 13 hrs e 30 min para completar os 200 km usando um meio de transporte não motorizado (bicicleta, patins, skate, patinete, ...). 

Os receios: 
  • Nunca tinha pedalado toda esta distância num só dia; 
  • Na época pedalava cerca de 28 km para ir para o serviço e 28 km para voltar para casa, mas com intervalo de 12 hrs entre as pedaladas e em dias alternados; 
  • Dor lombar tornar-se insuportável com o passar das horas; 
  • Bicicleta estragar.
A semana pré-Audax foi de expectativas: procurei dicas sobre ritmo, alimentação, hidratação, o que levar, conversei com bikers mais experientes, li depoimentos de ciclistas que já tinham participado da prova.

No sábado, tinha feito a lista do que levaria (alimentos, pilhas, câmaras) e do que faltava ser comprado. A ideia era, após o Congresso Técnico, voltar rapidamente para casa e ir dormir, para poder descansar.

Um conselho que vale à pena ser seguido: participe do Congresso Técnico. Ali será divulgada qualquer alteração de última hora que porventura ocorreu no percurso, bem como dicas sobre os trechos que necessitam de um maior cuidado e outras informações que sejam importantes.

Tudo planejado, mas nada saiu conforme eu queria :). Acabei dormindo tarde (após meia noite), acordando durante a noite porque estava ansioso e com receio de perder o horário de acordar e acabei não descansando muito.

O resultado de tudo isto? Apesar de chegar um pouco atrasado, mas antes da largada, e de não ter encontrado meus amigos com os quais tinha combinado pedalarmos juntos, encontrei um colega que fez uma dupla bem legal e pedalamos os 200 Km numa boa. Tivemos um problema com pneu furado. Mesmo assim, fomos num ritmo bem tranquilo, curtimos a pedalada e chegamos bem antes do tempo limite. Exaustos, mas felizes!

Pensando sobre a situação, acho que estava excessivamente preocupado e temeroso, mas também acredito que esta busca por informações foi o que me ajudou a ganhar confiança.

Tem um detalhe muito importante que na época percebi somente durante a participação: o Audax Floripa é uma grande festa do ciclismo, com centena de bikers animados e incentivadores, pedalando por uma ilha com lindas paisagens e com cobertura de celular!

A bike estragou? Não consegue continuar? O tempo está prestes a estourar? Lembre-se que com uma ligação você pode resolver a situação, chamando alguém para lhe resgatar ou lhe ajudar.

Fica aí o depoimento principalmente para aqueles que participarão pela primeira vez. Espero que curtam esta prova que na verdade é um 'delicioso passeio longo' pela Ilha da Magia! Boa sorte e ótima participação!

Se quiserem ler os relatos da minha primeira participação, basta clicar aqui.

CicloAbraços, Biker

2 comentários:

  1. Valeu pelo depoimento! Lembro, não com saudades, dos medos e ansiedades pré prova e como quase sempre as coisas saíam diferentes do que eu tinha planejado, foi quando resolvi desencanar e só manter uma boa hidratação, descanso, alimentação correta antes da prova e fazer um check list dos equipamentos. Descobri depois que o isolamento dos outros atletas me ajudava positivamente a evitar a ansiedade... muito anti-social, rsrsrs!
    Obrigada por compartilhar!
    :)
    CicloAbraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Thaís! :)
      Agradeço também pelo seu depoimento.

      CicloAbraços!

      Excluir