Biketech Floripa

sábado, 24 de novembro de 2012

Santa Catarina tem também condições e um potencial bem grande para lançar um pacote semelhante. Quem sabe se o retorno positivo que certamente Pernambuco terá  não influencie outros estados, inclusive o catarinense, a implantar um pacote semelhante?



Governo de Pernambuco lança pacote abrangente de incentivos à bicicleta

Estado dá exemplo ao resto do país, com pacote que contempla mais de 100km de ciclovias, bicicletários, campanhas educativas, apoio aos municípios, incentivos fiscais à indústria e reconhecimento de empresas que incentivam o uso da bicicleta
O governador Eduardo Campos anunciou um pacote de medidas para melhorar a mobilidade urbana na Região Metropolitana do Recife. Entre elas, a construção de mais de 100 quilômetros de ciclovias.
Ciclovia na praia de Boa Viagem, em Recife.
Foto:Felipe Baenninger, via Flickr
Com um investimento de R$ 22,4 milhões, o programa Pedala PE está sendo chamado de “carro chefe” do pacote de mobilidade. Com previsão de conclusão até dezembro de 2014, pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte, sua convivência pacifica e segura com outros veículos e integração com ônibus e metrô (através de bicicletários públicos).
Nós temos 11% da população no Nordeste que usa a bicicleta para trabalhar, para ir à escola e se locomover. Mas há pesquisas, inclusive do IBOPE, que apontam que 85% dos nordestinos gostariam de usar mais a bicicleta. Ou seja, a gente tem aí um modal que precisa se integrar com o ônibus, a navegabilidade, o transporte individual e o metrô”, justifica o governador.
O Pedala PE prevê implantação de bicicletários e paraciclos nos prédios públicos estaduais, nos 25 Terminais de Integração de Passageiros (incluindo os que ainda serão construídos) e nas sete estações de embarque e desembarque do programa de navegabilidade do Capibaribe, Rios da Gente. Também serão construídos nas 154 academias da Cidade, até 2013.
Outros dois decretos assinados pelo governador preveem a contratação de projetos de implantação de ciclovias e requalificação das calçadas nas Avenidas Caxangá e Agamenon Magalhães, na PE-15, BR-101 (de Igarassu a Abreu e Lima) e no Complexo de Salgadinho.

Incentivo fiscal e apoio aos municípios

Enquanto o governo federal incentiva a indústria do automóvel, Pernambuco dá exemplo pioneiro ao conceder desoneração de 75% do ICMS para as fábricas de bicicleta e peças que quiserem se instalar no estado. A concessão do beneficio foi assegurada por decreto e terá validade até 31 de julho de 2024. O governador entende que o incentivo contribuirá para o desenvolvimento econômico do estado: “se oferecemos condições tributárias de redução de impostos, eu acho que a gente vai conquistar fábricas de bicicletas, como conquistamos outras fábricas”.
Outro decreto assinado pelo governador visa incentivar as cidades pernambucanas a implantarem ciclovias, ciclofaixas, paraciclos e bicicletários, com apoio técnico e financeiro para os municípios que apresentarem projetos de equipamentos cicloviários.

Campanhas educativas

O Pedala PE também terá uma frente educativa, visando garantir a inserção segura das bicicletas no tráfego. Serão realizadas campanhas educativas e ações de sensibilização voltadas para ciclistas e também para motoristas de carros e ônibus.

Empresa Amiga da Bicicleta

O programa concederá o selo Empresa Amiga da Bicicleta para empreendimento privados que possuírem bicicletários e vestiários, como forma de reconhecimento público às empresas que incentivam seus funcionários e clientes a utilizarem a bicicleta como meio de transporte. As empresas interessadas deverão encaminhar solicitação à Secretaria das Cidades, que enviará equipe ao empreendimento para atestar e conferir o estado de conservação dos equipamentos.

Plano Diretor Cicloviário

O governo do estado também pretende elaborar um Plano Diretor Cicloviário para a Região Metropolitana do Recife. O estudo analisará a malha viária da região, para definir uma política de incentivo ao uso da bicicleta para os próximos 20 anos. O edital do processo licitatório já foi assinado. “Esse Plano Diretor servirá como uma bússola para que as próximas gestões municipais também possam fazer a sua parte”, explicou Campos.

Fonte: VaDeBike

0 comentários:

Postar um comentário