Biketech Floripa

segunda-feira, 10 de maio de 2010

CICLOVIAS E CICLOFAIXAS

Em geral, os tipos de intervenção viária para as bicicletas são bem variados e requerem estudos técnicos de fatores tais como segurança, demanda, acessibilidade, etc. Normalmente, a velocidade máxima permitida para os veículos motorizados influi no equipamento que deverá ser criado para os ciclistas.

. Em ruas pequenas, de baixa velocidade, é possível o compartilhamento seguro da rua por carros e bicicletas, sem que haja necessidade de intervenções específicas, desde que motoristas e ciclistas respeitem-se mutuamente.

. Ciclofaixas são faixas exclusivas para o trânsito de bicicletas, sinalizadas por meio de pintura especial junto à pista de rodagem principal, em ruas em que os carros não ultrapassem o limite de 50km/h.

. Ciclovias são pistas fisicamente separadas da pista de rodagem principal, necessárias para garantir a segurança dos ciclistas em vias onde a velocidade máxima permitida seja superior a 50 km/h.


O CONCEITO DE CICLORREDE

Para que a bicicleta possa ser utilizada como meio de transporte de maneira eficiente e segura, é necessário que as ciclovias/ciclofaixas estejam interligadas em uma rede, assim como as ruas, para dar acesso aos lugares que o ciclista pretende acessar. Ciclovias isoladas, em circuitos fechados, são boas para quem quer treinar ciclismo ou usar a sua bicicleta como meio de lazer,
mas não atendem às necessidades de quem a utiliza em seus deslocamentos diários.

0 comentários:

Postar um comentário