Biketech Floripa

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Ganhei, em Belo Horizonte, um livrinho muito interessante sobre a construção da Mobilidade Urbana Sustentável. Neste livrinho, o foco é a Bicicleta. Como não encontrei um link que disponibilizasse o conteúdo dele, irei reproduzir, aos poucos, as informações mais interessantes e que sejam mais gerais.


Uma História Sobre Rodas

A roda foi a primeira e talvez a mais importante das grandes
invenções da humanidade. Apesar da simplicidade, seu uso proporcionou, ao longo de milhares de anos, uma imensa quantidade de avanços tecnológicos, que por sua vez facilitaram o dia a dia de pessoas de todo mundo. Dentre esses avanços e facilidades proporcionados pela roda, estão os meios de transporte.


De Quantas Rodas Você Precisa ?

Nos grandes centros urbanos, onde o espaço nas vias de circulação é constantemente disputado por um número crescente de veículos e pedestres, muitas vezes a opção por um veículo ágil, leve, não poluente, barato e saudável pode ser a melhor pedida.

A bicicleta surgiu na Alemanha por volta de 1817. A princípio, era um veículo bastante rústico, todo construído em madeira e ainda sem os pedais, sendo necessário que o condutor tomasse impulso com os próprios pés sobre o chão. (...) Ao longo dos séculos XIX e XX, com o desenvolvimento da indústria, a bicicleta se modernizou a ponto de ser uma alternativa viável e eficiente para as mais diversas formas de deslocamento.


Você Sabia ?

A primeira fábrica de bicicletas do mundo surgiu na França, em 1875. A primeira ciclovia foi criada alguns anos antes, em 1862, quando a prefeitura de Paris criou caminhos especiais nos parques para que os biciclos e os velocípedes não se misturassem às charretes e às carroças, evitando acidentes. No Brasil, as primeiras bicicletas desembarcaram na época do Império, importadas por famílias abastadas e, apenas em 1945, surgiu a primeira fábrica nacional de bicicletas, em São Paulo.

Fonte: Construindo a Mobilidade Urbana Sustentável; Nas Ruas de BH
Nro 6 - Bicicleta : "Você roda em mim e o mundo, embaixo de você".

Um comentário:

  1. Audálio, deixa eu te perguntar: você tem em PDF a matéris em que você apareceu no DC?
    Se tiver, pode enviar para bicicletanarua@gmail.com ?
    Abraços

    ResponderExcluir